Dicas para não cair em golpes na Black Friday


A Black Friday impacta milhares de pessoas todos os anos, consumidores espalhados por todo mundo marcam na agenda a última sexta-feira de novembro para comprar o produto que sempre sonhou por um preço menor. A tradição norte-americana passou a ser adotada no Brasil em 2010.


Tradicionalmente, nos Estados Unidos, a Black Friday acontece na sexta depois do Thanksgiving - o dia de Ação de Graças. A quinta celebra a gratidão dos estadunidenses por tudo de bom que aconteceu durante o ano.


Mas nem tudo são mil maravilhas, é preciso ficar atento para evitar fraudes. Confira algumas dicas para se proteger dessas fraudes.


1. Monitore os preços do produto desejado durante a semana para não cair em falsas promoções;

2. Verifique se a empresa e o site são confiáveis;

3. O site deve apresentar em locais de destaque o endereço físico, telefone, e-mail, CNPJ e o nome da empresa;

4. Desconfie de empresas que só aceitam boletos bancários, transferências ou PIX como forma de pagamento;

5. Cuidado ao clicar em links e ofertas por e-mail ou redes sociais;

6. Confira se os valores no carrinho são os mesmos anunciados;

7. Antes de finalizar a compra observe o valor do frete, prazo de entrega e o preço no carrinho virtual;

8. Todas as regras estabelecidas no país por meio do Código de Defesa do Consumidor continuam em vigor durante a Black Friday.


Mas qual a origem do termo Black Friday?

A data que é original dos Estados Unidos, ficou conhecida no mundo inteiro e passou a fazer parte da estratégia comercial de vários países.

Existem várias hipóteses referente ao surgimento, da expressão “black Friday”,


A primeira teoria remete a um acontecimento do século XIX. No ano de 1869, dois investidores norte-americanos resolveram criar um esquema ilegal para controlar o mercado de ouro nos Estados Unidos. O objetivo era fazer o preço do ouro na Bolsa de Valores disparar para que eles pudessem enriquecer.

O plano acabou não dando certo porque o presidente Ulysses S. Grant interveio na situação e ordenou que o governo norte-americano vendesse o ouro estocado nos cofres públicos. O resultado dessa ação foi que o preço do ouro caiu drasticamente no dia 24 de setembro de 1869 e esse dia ficou conhecido como black friday ou “sexta-feira negra”.


Outra hipótese a respeito da origem do termo fala de uma revista norte-americana chamada Factory Management and Maintenance, que, na década de 1950, relatou que um grande número de pessoas ficavam “doentes” na sexta-feira após o Dia de Ação de Graças. A revista fez uma comparação que associava as pessoas com o “mal da sexta-feira após o Dia de Ação de Graças” com a peste bubônica.


Por fim, a terceira teoria trata a respeito da frustração dos policiais da Filadélfia que trabalhavam na sexta após o feriado do Dia de Ação de Graças. Nesse cenário, os policiais ficavam insatisfeitos com a quantidade de pessoas nas ruas durante a sexta após o feriado e começaram a chamar o dia de black Friday.

2 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
logo novo SimNet.png
mundo-suas-mãos---box-site-200.jpg